Até onde ir

Source

Apenas aqueles que arriscam ir longe demais podem descobrir até onde se pode ir.

T. S. Eliot

Anúncios

Aventura

A vida é uma aventura demasiado breve para ser vivida a dormir.

Marco Antonio Karam, Presidente da Casa Tibete Mexico

Conversar

Source

As conversas estão no centro do que significa ser humano.

Theodore Zeldin

Ram Dass – Fierce Grace

Os Professores de Harvard Richard Alpert e Timothy Leary fizeram história inter-cultural em 1963 quando foram despedidos da Universidade pelas suas controversas pesquisas sobre drogas psicadélicas. Após esse episódio, Alpert viajou para a Índia e encontrou o seu guru Maharaj ji, que lhe deu o nome de Ram Dass (“Servo de Deus”). Mais conhecido pelo seu best seller de 1971 “Está Aqui Agora”, que se tornou uma referência da era, Ram Dass tornou-se uma inspiração para muitos.

O realizar Mickley Lemle – que conhece Ram Dass há mais de 25 anos – intersecta vídeos de arquivo dos momentos de glória hippie de Ram Dass com uma visão actual mais íntima, enquanto Ram Dass continua a refazer a sua vida, depois de um enfarte em 1977.

Nomeado pela Newsweek um dos filmes Top 5 de Não-Ficção de 2002, Ram Dass – Fierce Grace é uma meditação cativante e mordaz sobre espiritualidade, consciência, cura e a inesperada graça associada ao envelhecimento.

Estrelas

Ralph Waldo Emerson uma vez perguntou o que aconteceria se as estrelas apenas se pudessem ver uma vez de mil em mil anos. Ninguém dormiria nessa noite obviamente. O mundo criaria novas religiões do dia para a noite.
Todos estariamos excitados, delirantes, arrebatados pela glória de Deus.

Nós podemos ver as estrelas todas as noites, e em vez disso… vemos televisão.

Mindfulness e o cérebro

Daniel Siegel (Mindsight Institute) fala sobre mindfulness, tecnologia e o cérebro, sendo depois entrevistado por Michelle Gale (Twitter) na Conferência Wisdom 2.0.

A Vida Emocional do Nosso Cérebro: como os seus padrões únicos afectam a forma como pensamos, sentimos e vivemos – e como os podemos mudar

Este antecipado livro por um dos pioneiros científicos da pesquisa científica sobre o cérebro oferece-nos um novo modelo das nossas emoções: as suas origens, o seu poder e a sua maleabilidade.

Durante trinta anos, Richard Davidson tem sido um pioneiro na pesquisa científica sobre o cérebro. Agora, ele dá-nos um modelo inteiramente novo para entendermos as nossas emoções, assim como estratégias práticas para as mudarmos.

Davidson descobriu que a personalidade é composta por seis estilos emocionais básicos, que incluem resiliência, auto-consciência e atenção. A nossa impressão digital emocional resulta do ponto em que estamos no contínuo de cada um destes estilos. Ele explica-nos a química cerebral que está por detrás de cada estilo para nos dar um novo modelo do cérebro emocional, um que vai tão longe que afectará a forma como tratamos condições como o autismo e a depressão. E, finalmente, ele dá-nos também estratégias que poderemos usar para mudarmos os nossos próprios cérebros e emoções – se isso for o que quisermos fazer.

Co-escrito com a autora de best-sellers Sharon Begley, este original e excitante livro dá-nos uma nova e útil forma de olharmos para nós próprios, de desenvolvermos um sentimento de genuíno bem-estar e de vivermos vidas com mais significado.

Link Amazon para o livro (versão em inglês)