Arquivo de Junho, 2011

Jon Kabat-Zinn: Estrelas no nosso próprio filme

Jon Kabat-Zinn discute como é que cultivarmos a nossa atenção nos ajuda a apreciar o momento presente e a viver vidas mais preenchidas.

O vídeo faz parte de uma conversa que teve lugar na Universidade de Berkeley, no Greater Good Science Center.

.

Anúncios

Verdade

A meditação não está dependente de alguém nos dar algo.

A Verdade não é algo que alguém nos possa dar; e da mesma forma, ninguém nos pode tirá-la.

Joseph Goldstein e Sharon Salzberg, Insight Meditation

Jon Kabat-Zinn: Crescimento e Optimismo

Jon Kabat-Zinn explica como é que a pesquisa científica sobre mindfulness (atenção plena) está a crescer exponencialmente.

O vídeo faz parte de uma conversa que teve lugar na Universidade de Berkeley, no Greater Good Science Center.

.

108 questões da sabedoria secreta do Tibete

É mais fácil mudares-te a ti próprio… ou mudares os outros?

Tulku Lama Lobsang, 108 questões da sabedoria secreta do Tibete

Deus e o anonimato

As coincidências são a forma de Deus se manter anónimo.

House MD

Khandro Rinpoche: o valor do silêncio

O melhor fundamento para a prática meditativa passa pelo entendimento do valor da tranquilidade e do silêncio, diz Khandro Rinpoche.
.

Filme

Porquê, então, é que acreditamos tão convictamente que tudo é sólido? Uma das razões é de que a nossa percepção é incapaz de acompanhar o rápido  ritmo de tudo o que acontece na nossa vida.

Podemos perceber como é que tal acontece ao olharmos para a forma como funciona um filme. Um filme é composto por milhões de frames, cada um capturando uma fração de segundo. Quando estes frames são passados rapidamente pelos projectores, eles criam uma ilusão de movimento contínuo.

Nós observamos as histórias que então são aí contadas e perdemo-nos completamente nelas. Parece-nos tudo tão real – mas se pudessemos abrandar a velocidade a aque o filme passa, veriamos que cada frame tem a sua própria história.

A ilusão do movimento depende inteiramente da velocidade com que cada frame é substítuido pelo próximo.

Joseph Goldstein

Anúncios