Arquivo de Outubro, 2010

Steve McCurry – EUA

Anúncios

Dalai Lama – Autobiografia Espiritual: A força da compaixão

A raiva e o ódio são os principais obstáculos à compaixão. Estas emoções poderosas têm a capacidade de submergir completamente o espírito, embora possam ser controladas. Se não as dominarmos, assediar-nos-ão constantemente, impedindo-nos o acesso à serenidade que caracteriza um espírito afectuoso.

É importante que comecemos por nos interrogar se, sim ou não, a raiva tem algum valor. Por vezes, quando o desânimo se apodera de nós no caso de uma situação difícil, a raiva parece fornecer um complemento de energia, confiança e determinação. É então que urge examinar cuidadosamente o nosso estado de espírito. É verdade que a raiva confere uma certa energia, mas, observando-a, descobrimos que é cega. É impossível determinar se o resultado será positivo ou negativo, porque a raiva eclipa a melhor parte do cérebro, o raciocínio. É por isso que a energia da raiva está sujeita a cautela. Pode inspirar uma conduta altamente destruidora e infeliz.

(…)

Podemos contudo desenvolver uma energia igualmente forte, mas muito melhor controlada do que a raiva, para enfrentar circunstâncias penosas. Esta energia controlada provém de uma atitude compassiva e ao mesmo tempo da razão, aliada à paciência. São antídotos muito eficazes contra a raiva. Infelizmente, muitas pessoas menosprezam estas qualidades, confundido-as com fraqueza. Afirmo, pelo contrário, que são verdadeiros sinais de força interior. A compaixão é por natureza amável, serena e doce, embora seja muito poderosa. As pessoas que perdem facilmente a paciência são confusas e instáveis. É por isso que, aos meus olhos, um acesso de raiva é um sinal infalível de fraqueza.

(…)

Importa compreender que, mesmo quando os adversários parecem prejudicar-nos, a sua actividade destruidora voltar-se-á, em última instância, contra eles. A fim de travar o impulso egoísta que conduz a exercer represálias, recordemos o desejo de praticar a compaixão e a nossa responsabilidade de ajudar os outros a prevenir o sofrimento, resultante das nossas próprias acções. Medidas calmamente escolhidas serão as mais eficazes, melhor adaptadas e mais poderosas, enquanto as represálias, assentes na energia cega da raiva, raramente atingem o seu objectivo.

Link Fnac: “Dalai Lama – Autobiografia Espiritual”

Steve McCurry – Wangkor Wat

Simples

“Aceita a realidade… e encontrarás a tua felicidade.”


Um dia de vida

E se vivessemos… apenas um dia?

.

Steve McCurry – Auschwitz

Compassion in Exile

Filme do “International Buddhist Film Festival”: “Compassion in Exile”

.

.

Link Amazon (Reino Unido) para o DVD